quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Mundo / Maduro vence eleição apertada na Venezuela e Chavistas se dizem surpresos com resultado

Maduro vence eleição apertada na Venezuela e Chavistas se dizem surpresos com resultado

Seguidores de Chávez e Maduro esperavam mais votos para o governo.
Nicolás Maduro foi eleito presidente neste domingo com 50,66% dos votos.

Chavistas comemoram resultado da eleição presidencial na Venezuela (Foto: Tomas Bravo/Reuters)Chavistas comemoram resultado da eleição presidencial na Venezuela (Foto: Tomas Bravo/Reuters)

Os partidários de Nicolás Maduro, eleito presidente da Venezuela na madrugada desta segunda-feira (15), no horário de Brasil, que foramao Palácio de Miraflores, em Caracas, para ouvir o primeiro discurso do herdeiro político de Hugo Chávez como presidente eleito do país, disseram estar surpresos com o resultado apertado da votação.

Geraldine Gonzalez, estudante de 28 anos, confessou ter ficado decepcionada com o resultado, mas não por causa da vitória de Maduro, e sim porque esperava que ele recebesse mais votos. "Acho que muitas pessoas tiraram o apoio do presidente Chávez. Maduro não é o Chavez. Votei nele porque meu comandante pediu isso, mas ele vai ter que começar com a humildade do meu presidente (Chavez)", afirmou Geraldine ao G1.

Muitas pessoas foram embora cedo, algumas reconhecendo decepção com o resultado apertado.

Maduro, que já atuava como presidente interino do país, mas não havia concorrido às eleições (ele foi nomeado vice-presidente por Hugo Chávez), venceu o pleito com uma margem apertada de votos: 50,66%, contra 49,07% do candidato da oposição, Henrique Capriles. O presidente eleito em seu discurso que sua vitória sobre o oposicionista Henrique Capriles foi um "triunfo eleitoral justo".

Partidários de Nicolás Maduro comemoram a vitória neste domingo (14) (Foto: Paula Ramón/G1)Partidários de Nicolás Maduro comemoram a vitória neste domingo (14) (Foto: Paula Ramón/G1)

Maduro vence eleição (Foto: Luis Acosta/AFP)Presidente eleito, Maduro discursa após o resultado da eleição na Venezuela (Foto: Luis Acosta/AFP)

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.