terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Futebol / Futebol brasileiro classifica os seis times para as oitavas da Libertadores

Futebol brasileiro classifica os seis times para as oitavas da Libertadores

O Grêmio jogou melhor que o Huachipato até fazer 1 a 0, num voleio do extraordinário Zé Roberto que pegou na canela e matou o goleiro, aos 33.

Para este valioso gol, Barcos foi fundamental duas vezes: ao roubar a bola na intermediária chilena e ao dar de cabeça para o companheiro marcar.

O tricolor gaúcho criava mais que o campeão chileno e Dida aparecia bem quando exigido.

O gol de vantagem mudou o comportamento gaúcho, que passou a permitir a iniciativa ao rival, expediente natural para quem se classificaria até com o empate.

Era de se esperar que os chilenos viéssem com tudo no segundo tempo.

Já o Fluminense ficava no 0 a 0 em São Januário com o Caracas, empate que também lhe bastava.

E que permanecia no placar porque Wellignton Nem perdeu um gol de cabeça, porque Rhayner mandou uma bomba no travessão e porque o baixinho goleiro venezuelano fez milagre numa cabeçada de Leandro Euzébio.

Nem bem o segundo tempo começou no Chile e Zé Roberto levou o terceiro cartão amarelo.

Nem bem o segundo tempo começou no Brasil e o Caracas tirou lasca da trave do tricolor carioca.

O Huachipato voltou com sangue nos olhos, pressionando.

Mas empatou tarde demais, aos 43.

No fim do jogo o tempo fechou e Vanderlei Luxemburgo que saía sorridente do gramado acabou no chão, chutado covardemente.

O Caracas voltou atrevido e carimbou a trave do Flu. Que susto!

Mas, uma ombrada de Rhayner sobrou para Rafael Sóbis fazer 1 a 0, aos 9. Que alívio!

O Fluminense ganhava seu primeiro jogo no Rio e o Huachipato seguia sem vencer em Concepción.

O futebol brasileiro fazia a sena na Libertadores, com seus seis times classificados.

Os argentinos que poderiam fazer a quina, ficaram com a quadra, sem o Arsenal, mas com Velez, Boca, Tigre e Newell’s.

Galo x São Paulo, Corinthians x Boca, Flu x Emelec, Grêmio x Santa Fé e Palmeiras x Tijuana são os cruzamentos que poderão levar cinco brasileiros às quartas de final.

Sem moleza.

Porque entre Atlético e São Paulo não é preciso explicar.

O Corinthians pega o Boca Juniors outra vez.

O Flu jogará contra o Emelec, sem altitude, em Guayaquil.

O Grêmio tentará eliminar o Independiente Santa Fé, os colombianos únicos invictos da Taça, na altitude mais suportável de Bogotá.

E o Palmeiras enfrentará o gramado artificial de Tijuana.

É a Libertadores em estado puro.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.