sábado , dezembro 3 2016
Home / Cultura / Sanfoneiro Dominguinhos tem ligeira melhora e dá discretos sinais de recuperação

Sanfoneiro Dominguinhos tem ligeira melhora e dá discretos sinais de recuperação

Show Dominguinhos Show do cantor Dominguinhos em setembro de 2012

Show Dominguinhos Show do cantor Dominguinhos em setembro de 2012

De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital Sírio-Libanês na noite desta segunda-feira (18), o músico Dominguinhos apresentou melhora do quadro cardiológico, respiratório e renal.

O boletim também informa que seu quadro neurológico teve discretos sinais de recuperação e que Dominguinhos está “minimamente consciente”. No entanto, ainda não há previsão de alta.

Leia a íntegra do boletim médico, assinado pelo Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira, diretor técnico hospitalar , e pelo Dr. Paulo Cesar Ayroza Galvão, diretor clínico:

O senhor José Domingos de Moraes (Dominguinhos), permanece internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 13 de janeiro de 2013, ocasião em que veio transferido de outro serviço.

Desde então, houve melhora do quadro cardiológico, respiratório e renal. Do ponto de vista neurológico, ele apresenta estado minimamente consciente, demonstrando discretos sinais de recuperação. O paciente permanece internado, sem previsão de alta.

A equipe médica que o acompanha é coordenada pelos Drs. Nise Yamaguchi e Paulo Marchiori.


O radialista Paulinho Rosa, que tem um programa com Dominguinhos na Rádio USP e é amigo pessoal do sanfoneiro, contou à reportagem que está otimista, mas disse que ainda não tinha recebido a notícia da melhora do músico.

“As notícias que a gente tem é que ele tem reações quando algumas pessoas vão visitar –quando a Elba foi, por exemplo. Mas se os médicos estão interpretando isso como uma reação constante, fico muito feliz”, afirmou.

Rosa deve visitar Dominguinhos nesta terça e contou que está organizando uma homenagem para o amigo, marcada para as 14h de domingo “Nós, amigos e músicos, vamos nos concentrar no Masp e vamos descer em cortejo até o Sírio”, afirmou.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.