domingo , dezembro 11 2016
Home / Poemas e poesias / Feito fera com medo vai fugindo, mas não pode driblar um coração.

Feito fera com medo vai fugindo, mas não pode driblar um coração.

Belos versos da poetisa pernambucana Dayane Rocha que brinda os leitores do RN em Rede com essas glosas maravilhosas: Feito fera com medo vai fugindo, mas não pode driblar um coração.

POESIA

Tu me olhas com um jeito delicado
E disfarça quando olho pro o olho teu
Não consegue fugir do olho meu
Mesmo quando o teu olho tá fechado
Se disfarça não é bem disfarçado
Queima forte esse fogo da paixão
Se tiver uma grande erupção
Não mais pode entrar nem tá saindo
Feito fera com medo vai fugindo
Mas não pode driblar um coração.

Feito um velho ditado que se diz:
Quem não tem o seu cão caça com gato
Se esconde igual bicho do mato
Te procuro pra contigo ser feliz
Mas se queres ficar tão infeliz
Eu procuro uma nova direção
Que me faça andar de pés no chão
E não pense que eu estou fingindo
Feito fera com medo vai fugindo
Mas não pode driblar um coração.

Nessa caça estou caçadora
Uso bala calibre trinta e três
Atirei em uns quatro cinco ou seis
Mas não deixo de ser atiradora
Pois meu tiro é de bala sonhadora
Nessa mata eu procuro meu leão
Não precisa de mim ter medo não
Por que medo também estou sentindo
Feito fera com medo vai fugindo
Mas não pode driblar um coração.

Pus na mata bastantes armadilhas
Que é pra ver se consigo te fisgar
Mas eu sei que não posso te obrigar
A seguir sem caminho para as ilhas
Tu estás entre as setes maravilhas
Mas com medo e sem ter explicação
Eu querendo o teu beijo de paixão
E a tua pegada tá sentindo
Feito fera com medo vai fugindo
Mas não pode driblar meu coração.

Dayane Rocha

Gostou? Então curta o RN em Rede e tenha poesia todos dias no seu Facebook!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.