sábado , dezembro 10 2016
Home / Saúde / Campanha Nacional de vacinação contra a gripe deve imunizar 31,3 milhões em abril

Campanha Nacional de vacinação contra a gripe deve imunizar 31,3 milhões em abril

BRASÍLIA – A campanha nacional de vacinação contra a gripe, lançada nesta terça-feira, tem a meta de imunizar 31,3 milhões de pessoas este ano, segundo divulgou o Ministério da Saúde. A vacinação vai ocorrer entre 15 e 26 de abril, em 65 mil postos de vacinação em todo o país.

Esse número de pessoas representa 80% do público-alvo da campanha – pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, e doentes crônicos. O público-alvo representa aproximadamente 39,2 milhões de pessoas. Este ano, as mulheres em período até 45 dias após o parto luz foram incluídas no grupo que receberá a vacina. Segundo o ministério, esse grupo apresenta as mesmas condições de saúde das gestantes e também pelo fato de que, na amamentação, a vacina ajuda a proteger o bebê.

Segundo o ministério, trabalharão na campanha 240 mil pessoas, com acesso a 27 mil veículos, entre terrestres, marítimos e fluviais. Serão distribuídas cerca de 43 milhões de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado: A (H1N1) ou gripe suína, A (H3N2) e B. Para apoiar as ações de mobilização da população e de preparação das equipes de saúde da família, o Ministério da Saúde está enviando aos estados e municípios R$ 24, 7 milhões, recursos que serão repassados do Fundo Nacional de Saúde aos fundos estaduais e municipais.

O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, lembrou que a vacina é segura é a melhor arma para impedir doenças graves, internações ou mesmo óbitos por influenza.

– É mito aquela história de que a vacina pode causar gripe. O vírus usado é inativado, portanto não há transmissão da gripe pela vacina. As vezes, a pessoa já estava como vírus em incubação, já que existem vários outros circulando com quadro parecido, como o resfriado, que não é protegido pela vacina. Ela pode ter tido contato com alguém com resfriado – explicou Barbosa.

Na campanha do ano passado, 26 milhões de pessoas foram vacinadas, equivalente a 86,3% da população-alvo – acima da meta de 80% prevista.

De acordo com o ministério, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. O objetivo da vacinação é contribuir para a redução das complicações, internações e óbitos provocados por infecções da gripe

O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.