sexta-feira , dezembro 9 2016
Home / Polícia / Polícia do RN prende paranaenses suspeitos de mais de 50 assaltos

Polícia do RN prende paranaenses suspeitos de mais de 50 assaltos

Operação Serpentina (Foto: Rafael Barbosa/G1) 
Polícia Civil apresentou à imprensa material apreendido com quadrilha. (Foto: Rafael Barbosa/G1)
Um dos homens presos pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte em uma ação que desarticulou uma quadrilha suspeita de arrombamentos de caixas eletrônicos e assaltos a carros-fortes é apontado como participante em mais de 50 crimes desse tipo, segundo a delegada Sheila Freitas, da Divisão Especializada no Combate ao Crime Organizado (Deicor). O paranaense Paulo Donizete Siqueira de Souza, conhecido como Vírus, foi detido junto com o matogrossense José Carlos dos Santos Bezerra e o potiguar João Maria dos Santos, conhecido por Gugu.

A ação, denominada ‘Operação Serpentina’, ocorreu nesta quinta-feira (7), quando a polícia também  apreendeu armas, equipamentos utilizados em roubos, explosivos e mais de R$ 61 mil em dinheiro.

De acordo com a delegada Sheila Freitas, os suspeitos conseguiram fugir na primeira abordagem, ocorrida em um shopping da zona Sul, ocasião em que José Carlos foi baleado. “Mas iniciamos a perseguição e conseguimos deter os três”, detalhou a titular da Deicor.
O trio é apontado pela polícia como responsável por boa parte dos assaltos a bancos e carros-fortes ocorridos no estado. “Eles são muito organizados e estavam fortemente armados”, atentou a delegada.
Os policiais da Deicor apreenderam com os suspeitos dinheiro, granadas, uma espingarda calibre 12, rifles, grampos utilizados para furar pneus de carro, rádios comunicadores, munições, coletes balísticos, um giroflex, explosivos, alicates e chaves de fenda, além de uma planta baixa do que a polícia acredita ser uma empresa de segurança de valores. “O local provavelmente seria o próximo alvo deles”, afirmou Sheila Freitas.
A delegada confirmou ainda que eles mantinham o material em três apartamentos alugados, sendo dois em Ponta Negra, na zona Sul de Natal, e um em Cajupiranga, na cidade de Parnamirim, região metropolitana da capital.
Para Sheila Freitas, o trio iria aproveitar as comemorações de carnaval para praticar o próximo crime. “Eles sabem que os caixas eletrônicos ficam cheios nesta época, porque as agências fecham”, explicou.
Os suspeitos
A delegada da Deicor afirmou que Paulo Donizete é um assaltante conhecido em todo a a região Nordeste, e tem vários mandados de prisão em aberto expedidos pela Justiça da Bahia. “Contamos, inclusive, com o apoio da polícia baiana para realizar a ação”, revelou.
O potiguar João Maria dos Santos, também de acordo com a delegada, é suspeito de vários crimes praticados no Rio Grande do Norte e cumpria pena em regime semi-aberto por tráfico de drogas. “Ele possui um estabelecimento em Parnamirim que serve de fachada”, disse.
As investigações da polícia prosseguem. A Deicor ainda vai interrogar os três suspeitos, pois há a possibilidade de outras pessoas participarem dos arrombamentos e assaltos.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.