domingo , dezembro 4 2016
Home / RN / Homem baleado, suspeito de arrrombar caixas eletrônicos foge do Walfredo Gurgel

Homem baleado, suspeito de arrrombar caixas eletrônicos foge do Walfredo Gurgel

Comando da PM irá investigar circunstâncias da fuga.

O matogrossense José Carlos dos Santos Bezerra, baleado na última sexta-feira durante a ação da Polícia Civil do Rio Grande do Norte que desarticulou uma quadrilha suspeita de arrombamentos de caixas eletrônicos e assaltos a carros-fortes, fugiu do Hospital Walfredo Gurgel na tarde deste domingo (10), onde estava internado para se recuperar do ferimento. A fuga foi confirmada pelo comandante geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Araújo.

“Soubemos dessa fuga e de imediato já iniciamos uma investigação para apurar como ela se deu. Se houve negligência ou participação de qualquer policial ele será devidamente punido”, afirmou o Coronel Araújo.
De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Walfredo Gurgel, a fuga foi percebida por volta das 19h, quando acompanhantes de outros pacientes da enfermaria informaram que o leito estava vazio a cerca de duas horas.
Operação Serpentina
José Carlos foi baleado na última sexta-feira (8), durante ação da Polícia Civil que prendeu ainda o paranaense Paulo Donizete Siqueira de Souza, conhecido como Vírus; e o potiguar João Maria dos Santos, conhecido por Gugu.
De acordo com a delegada Sheila Freitas, o trio é responsável por boa parte dos assaltos a bancos e carros-fortes ocorridos no estado. “Eles são muito organizados e estavam fortemente armados”, atentou a delegada.
Com a quadrilha, a  polícia apreendeu R$ 61 mil em dinheiro, granadas, uma espingarda calibre 12, rifles, grampos utilizados para furar pneus de carro, rádios comunicadores, munições, coletes balísticos, um giroflex, explosivos, alicates e chaves de fenda, além de uma planta baixa do que a polícia acredita ser uma empresa de segurança de valores. “O local provavelmente seria o próximo alvo deles”, afirmou Sheila Freitas.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.