domingo , dezembro 4 2016
Home / Polícia / Turista é morto por dono de restaurante em SP por não concordar com despesa

Turista é morto por dono de restaurante em SP por não concordar com despesa

O corpo do universitário Mario dos Santos Sampaio, de 22 anos, morto a facadas, na noite de segunda-feira, pelo dono de um restaurante no Guarujá, litoral sul paulista, foi enterrado por volta das 8h30m desta quarta-feira, em Campinas, interior do estado.
Segundo a polícia, a vítima foi jantar no restaurante, que fica no bairro Enseada, com a namorada e um grupo de amigos, na noite do dia 31 de dezembro. Na hora de pagar a conta, Sampaio se recusou a pagar o valor de R$ 19,99. Ele argumentou, segundo a polícia, que o valor informado tanto na porta de entrada quanto dentro do comércio era de R$ 12,99.
A funcionária do caixa chamou o gerente do restaurante e iniciou uma discussão. Em seguida, o dono do local, que é o pai do gerente, disse que aceitava o valor de R$ 12,99. Mas o gerente passou a ameaçar o jovem, dizendo que ele o aguardaria do lado de fora para brigar. De acordo com o boletim de ocorrência, o dono do comércio agrediu o estudante com um tapa no rosto.
O turista chamou a Polícia Militar quando estava dentro do restaurante e foi agredido a socos pelos garçons e o gerente. Segundo a polícia, ao ver a briga, o dono do comércio foi até a cozinha pegar uma faca e golpeou o estudante. A vítima morreu no local.
Um inquérito policial deve ser aberto nesta quarta-feira pela Polícia do Guarujá. O dono do restaurante, o filho, os três garçons e a caixa fugiram.
– Peço por Mario que Justiça seja feita – disse à EPTV, afiliada da TV Globo, Valéria Sampaio, irmã do universitário. – A pessoa (dono do restaurante) não pode ficar impune, como sem ter feito nada, mas isso não vai diminuir em nada nossa dor, só que ao mesmo tempo esse ‘cara’ pode continuar esfaqueando outras pessoas, acabando com outras famílias – afirma Valéria.
Além da família, Mario estava na praia com a namorada, três colegas e os pais.

Do DN online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.