sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / Polícia / Polícia Militar registra cinco homicídios na Grande Natal em menos de 3 horas

Polícia Militar registra cinco homicídios na Grande Natal em menos de 3 horas

Cinco pessoas foram assassinadas na Grande Natal ao longo da noite desta sexta-feira (25), em menos de três horas, segundo informações confirmadas pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte. De acordo com os relatórios do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), todas foram vítimas de disparos de arma de fogo. Três homicídios aconteceram em Natal, sendo um no bairro da Ribeira e dois no Potengi. Também foi registrado um homicídio no município de São Gonçalo do Amarante e outro na cidade de Ceará-Mirim. Em ambas ocorrências, nenhum suspeito foi preso.

O primeiro assassinato, segundo o tenente Valcácio, do 11º Batalhão da PM, aconteceu em São Gonçalo do Amarante, por volta das 21h. A vítima, Fabiano Marques da Silva, de 28 anos, segundo o oficial, já foi encontrado sem vida por populares na comunidade de Guanbubas, zona rural do município. “Não há pistas dos criminosos, mas suspeitamos de acerto de contas por causa das drogas”, disse Valcácio.

O segundo homicídio da noite foi registrado pouco tempo depois, em Ceará-Mirim. Lá, os policiais encontraram morto o adolescente David da Silva Oliveira, de 17 anos. Os suspeitos são dois homens que balearam o rapaz quando ele caminhava pela rua Terceira, no conjunto Vale do Amanhecer. Os criminosos fugiram em seguida. A PM ainda realizou diligências na região, mas os os assassinos não foram identificados e ninguém foi preso até o momento.

Os outros três assassinatos da noite ocorreram em Natal. Por volta das 22h, no bairro da Ribeira, o tenente Farias, do 1º Batalhão, contou que um homem, ainda sem identificação, foi encontrado morto na Rua 15 de Novembro. “Não temos informações sobre como aconteceu. Só sabemos que ele foi morto a tiros”. Foi tudo o que disse o oficial.

No bairro Potengi, na zona Norte da cidade, morreram Jarckson Jerlano Rebouças Gomes, de 21, e Jamacy Gomes da Silva, de 35 anos. O primeiro, também por volta das 22h, na rua Juazeiro. O outro, por volta das 23h20, na rua Alvorecer. A polícia não sabe se os crimes têm ligação, pistas ou mesmo informações sobre o que teria motivado as execuções.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.