sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / Polícia / Polícia Civil investiga morte misteriosa de fisiculturista em Natal

Polícia Civil investiga morte misteriosa de fisiculturista em Natal

A Polícia Civil investiga a causa da morte da fisiculturista Fabiana Caggiano Paes, de 36 anos, que estava em Natal e morreu de forma misteriosa na última quarta-feira. Segundo o delegado que investiga o caso, Frank Albuquerque, a polícia trabalha com as linhas de acidente ou de homicídio.
Segundo depoimento do marido identificado como Alexandre, o casal estava hospedado no último dia 27 em um hotel no Tirol, quando Fabiana teria entrado para tomar banho e após cerca de 15 minutos o marido teria ouvido um barulho da queda e encontrou a esposa desmaiada debaixo do chuveiro e com o box trancado.
O marido então teria quebrado o vidro e tentado reanimar a esposa, mas não conseguiu e teria acionado a recepção do hotel que chamou uma equipe do Samu. Fabiana então foi entubada e encaminhada para um hospital particular, mas após cinco dias não resistiu e morreu.

Porém segundo o delegado, a perícia realizada pelo Itep apresentou indícios de uma possível asfixia mecânica, o que pode caracterizar um homicídio. “Segundo a perícia foram encontrados sinais de lesão no pescoço e no pulmão, como se tivesse sido pressionado, além de haver hemorragia na traqueia”, contou o delegado.

Ainda segundo a perícia do Itep que foi concluída na tarde desta quinta-feira, houve lesões na garganta e pulmões que teriam sido feitas por outra pessoa. “Não podemos afirmar que foi homicídio enquanto o laudo não estiver pronto, isso deve acontecer em uma semana, vamos juntar as provas técnicas e testemunhais para apurar a causa da morte”, contou o delegado.
Foram ouvidos funcionários do hotel e familiares da Fabiana, além do marido. Segundo a família o corpo da fisiculturista deverá ser cremado.

DN Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.