domingo , dezembro 4 2016
Home / Natureza / Mudanças climáticas: Antártica esquentou duas vezes mais do que o esperado

Mudanças climáticas: Antártica esquentou duas vezes mais do que o esperado

Enquanto a calota de gelo do Ártico está desaparecendo de forma escancarada, o comportamento da Antártica é menos aparente. Agora, um novo estudo confirma evidências que o continente gelado está encolhendo. Segundo a pesquisa, coordenada por David Bromwich, da Universidade do Estado de Ohio, nos EUA, o lado ocidental da calota de gelo antártica está derretendo duas vezes mais rápido do que se supunha. É uma dos lugares na Terra que esquentou mais rápido nos últimos anos. Isso pode ter consequências para a elevação do nível do mar. O estudo foi publicado na revista Nature Geoscience.

Desde 1958, as temperaturas registradas na estação Byrd, localizada no meio da calota ocidental, subiram de 2,4 a 1,2 graus Celsius. É um ritmo maior do que o aquecimento médio do planeta dos últimos anos.

A ilustração acima mostra como os picos de temperatura vem subindo na estação Byrd. A linha vermelha mostra as temperaturas médias de janeiro desde os anos 50. O recorde foi registrado em 2005, quando a região passou por um derretimento recorde. No mapa acima, quantos dias de derretimento ocorreram naquele verão de 2005.

Bem que um bloquinho de gelo descolado da Antártica poderia ir parar lá no Rio de Janeiro para amenizar ocalor recorde do verão.

(Alexandre Mansur)

Blog do Planeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.