quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Educação / Medicina na UFRJ é o curso com a maior nota de corte no Sisu 2013

Medicina na UFRJ é o curso com a maior nota de corte no Sisu 2013

O MEC (Ministério da Educação) divulgou na noite desta quarta-feira (16) a lista das 10 maiores notas de corte nos cursos oferecidos no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que seleciona candidatos a vagas em faculdades públicas pela nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
Os cinco cursos com notas de corte mais altas foram graduações de medicina em universidades federais. A disputa mais acirrada para conseguir uma vaga ocorreu no curso de medicina da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Entre os candidatos que optaram pela livre concorrência, a nota mínima para ser aprovado foi 820,76 pontos.

Na sequência, ficaram as vagas de livre concorrência nos cursos de medicina daUFU (Universidade Federal de Uberlândia), da UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto) e da UFPR (Universidade Federal do Paraná).

Em quinto lugar, também ficou a nota de corte para o curso de medicina da UFRJ, mas nas vagas reservadas a estudantes de escola pública independentemente da renda. Veja a lista das notas no quadro abaixo.

VEJA AS MAIORES NOTAS DE CORTE DO SISU 2013

Instituição
Curso
Tipo de vaga
Nota de corte

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
MEDICINA
Ampla concorrência
820,76

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
MEDICINA
Ampla concorrência
817,77

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
MEDICINA
Ampla concorrência
810,34

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
MEDICINA
Ampla concorrência
810,02

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
MEDICINA
Estudantes de escola pública independentemente da renda
809,26

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
ENGENHARIA DE BIOPROCESSOS E BIOTECNOLOGIA
Ampla concorrência
808,12

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS
ENGENHARIA CIVIL
Ampla concorrência
807,23

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
ENGENHARIA QUÍMICA
Ampla concorrência
807,15

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS
ENGENHARIA ELÉTRICA
Estudantes que se declararam pretos, pardos ou indígenas independentemente da renda
805,95

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
COMUNICAÇÃO SOCIAL
Ampla concorrência
804,38

O Sisu deste foi o primeiro após a aprovação da Lei de Cotas (Lei 12.711/2012), que determina gradualmente até 2016 a destinação de 50% das vagas nos cursos das universidades federais para estudantes de escolas públicas – reservando ainda dentro desse percentual, vagas para estudantes de baixa renda familiar (menos 1,5 salário mínimo per capita) e candidatos que se declarem pretos, pardos ou indígenas.

Com isso, na hora de escolher o curso, o candidato do Sisu poderia optar por pelo menos cinco tipos de vaga: de ampla concorrência; reservadas para estudantes de escolas públicas independentemente da renda; reservadas para estudantes de escolas públicas de baixa renda; reservadas para pretos pardos e indígenas independentemente da renda; e reservadas para pretos pardos e indígenas de baixa renda.

Do UOL, em São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.