terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Cinema / Cinema: Morre cinestra japonês Nagisa Oshima, diretor de ‘O império dos sentidos’

Cinema: Morre cinestra japonês Nagisa Oshima, diretor de ‘O império dos sentidos’

O cineasta japonês Nagisa Oshima, diretor de filmes como “Furyo, Em Nome da Honra” e “O império dos sentidos”, morreu nesta terça-feira aos 82 anos, informou seu filho Arata.

“Meu pai morreu calmamente”, indicou Arata à AFP, falando em Fujisawa, perto de Kamakuram, na região de Tóquio, onde Oshima estava hospitalizado.

“Oshima faleceu acompanhado da família, de sua esposa Akiko e de seu filho mais velho, Takeshi. Eu não estava. Eles o haviam hospitalizado no final do ano e ele morreu por causa de uma pneunomia”, acrescentou.

Oshima ficou conhecido nos anos 60 com uma série de filmes de temática política. Muitos deles tratavam de assuntos vinculados à discriminação e exploravam os limites do socialmente aceitável.

Essa exploração chegou com seu “O império dos sentidos” (1976), sobre a relação, inspirada num caso real, entre uma ex-prostituta e o dono de um hotel em que ela trabalhava. O filme realiza uma incursão na dependência sexual, com final trágico das relações de dominação das duas personagens.

“Furyo, em nome da honra” (1983), com David Bowie no elenco e baseado num romance de Laurens van der Post, conta as complexas relações em um campo de prisioneiros de guerra no Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

Da carta Capital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.