quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Educação / Alunos de escolas públicas têm primeiro encontro preparatório para olimpíadas de matemática

Alunos de escolas públicas têm primeiro encontro preparatório para olimpíadas de matemática

Brasília – Alunos de escolas públicas de vários pontos do país estiveram reunidos em Brasília neste fim de semana participando de um treinamento especial para as Olimpíadas Brasileiras de Matemática (OBM). Os 24 estudantes, que têm idades entre 13 anos e 17 anos, foram selecionados previamente para participar da Preparação Especial  para Competições Internacionais (Peci) e estão sendo treinados para disputar uma vaga na seleção brasileira que irá competir na Olimpíada Internacional de Matemática.

O objetivo do Peci, que acontecerá várias vezes no ano e teve o primeiro encontro encerrado hoje (20), é fazer com que os alunos das escolas públicas tenham condição de competir com os das escolas particulares por uma das seis vagas da seleção brasileira. Os estudantes participam da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) e os medalhistas são convidados a participar da seleção para o Peci. A partir daí, os alunos são treinados para competir na OBM, que também inclui alunos das melhores escolas particulares do país, em busca de uma medalha. Os seis integrantes da seleção brasileira que irá disputar as competições internacionais são escolhidos entre esses medalhistas.

O Peci começou em 2009 e vem conseguindo aumentar consideravelmente a inclusão dos alunos de escolas públicas entre os medalhistas da OBM e na seleção brasileira. Em 2011, dois estudantes conseguiram chegar entre os seis competidores internacionais. No ano passado, o número subiu para três. Eles são assistidos por professores com alto nível de qualificação, em geral com mestrado e doutorado em matemática, que já participaram de olimpíadas e competições anteriormente.

O objetivo do programa de preparação dos alunos de escolas públicas é, além de aumentar a inclusão desses estudantes nas competições, aumentar o nível de competitividade de toda a equipe brasileira nas disputas internacionais. Atualmente, o Brasil ocupa a 20ª posição na Olimpíada Internacional de Matemática (OIM). O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), responsável por organizar a OBM e o Peci, tem como meta garantir que os brasileiros estejam entre os 10 primeiros colocados até 2017, quando a OIM acontecerá no Rio de Janeiro.

Além de concorrer a medalhas nas olimpíadas, os alunos também participam de um programa de iniciação científica (PIC). Conforme se destacam nesses programas, os estudantes são convidados a participar das seleções para entrar no Peci e garantir mais qualidade de estudo. Na preparação especial eles ficam reunidos de nove dias a 16 dias, de acordo com o calendário escolar, de 8h às 16h, estudando matemática. A preparação é rigorosa, mas também inclui atividades em outras áreas e de relaxamento após o horário de estudo.

As olimpíadas brasileira e das escolas públicas acontecem no fim do ano. Entre os 24 estudantes que já estão participando do Peci este ano, cinco são da seleção brasileira e estão sendo preparados para a olimpíada internacional. Além da OIM, os jovens também devem competir nas Olimpíadas Ibero-americanas e nas Olimpíadas do Cone Sul, entre outras. Ao longo do ano os alunos que participam do Peci terão ainda mais três encontros, todos em Brasília.

Da Agência brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.