sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / RN / Paulo Roberto e Thompson Fernandes eleitos presidente e vice do TCE para o biênio 2013/2014

Paulo Roberto e Thompson Fernandes eleitos presidente e vice do TCE para o biênio 2013/2014

O Tribunal de Contas do Estado já conta com a equipe gestora para o biênio 2013/2014. Em eleição realizada na sessão do Pleno de terça-feira, 4, pela manhã, foram eleitos para a presidência e vice-presidência, respectivamente,  os conselheiros Paulo Roberto Chaves Alves e Carlos Thompson Costa Fernandes. A solenidade de posse está marcada para o próximo dia 28 de dezembro.

Na mesma sessão, presidida pelo conselheiro Tarcísio Costa, foram eleitos os componentes da 1ª e 2ª Câmaras de Contas. A 1ª Câmara será presidida pela conselheira Adélia Sales e contará como membro o conselheiro Carlos Thompson. A 2ª Câmara terá à frente o conselheiro Tarcisio Costa e como membro o conselheiro Renato Costa Dias.

Foram eleitos ainda para a Corregedoria, o conselheiro Tarcísio Costa; Ouvidoria, Renato Costa Dias e direção da Escola de Contas, conselheira Adélia Sales. A votação foi acompanhada pelo procurador geral do Ministério Público de Contas, Thiago Guterres e pelo auditor   Cláudio Emerenciano e o Conselheiro (convocado) Marco Montenegro.
No final da eleição, Paulo Roberto solicitou a palavra para agradecer a todos pela confiança em seu nome, delegando a ele a presidência do TCE pela segunda vez. O seu primeiro mandato foi marcado por profundas mudanças no Tribunal, com a implantação do Planejamento Estratégico, Ouvidoria e desenvolvimento do setor de informática, entre outras ações.
Formado em Ciências Econômicas pela UFRN, Paulo Roberto exerceu várias funções na iniciativa privada e área pública, tais como diretor da Telern, assessor do Senado Federal e secretário de Estado da Secretaria do Trabalho e Ação Social. No TCE, ainda exerceu a presidência das 1ª e 2ª Câmaras de Contas.
Do TJRN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.