domingo , dezembro 4 2016
Home / Mundo / O ex-líder sul-Africano Nelson Mandela provavelmente passará o dia de Natal em um hospital.

O ex-líder sul-Africano Nelson Mandela provavelmente passará o dia de Natal em um hospital.

Mac Maharaj porta-voz presidencial disse que os médicos que cuidam de Mandela não tinham dado nenhuma indicação de uma “descarga iminente” de um hospital em Pretória, a capital, de acordo com o IOL, um site de notícias Sul-Africano.

“Nesta fase, não há nenhuma atualização sobre sua condição e seus médicos não deram nenhuma indicação” sobre quando Mandela pode ser descarregada, IOL citado como dizendo Maharaj sábado. IOL é de propriedade de jornais independentes, um grupo nacional, que publica 15 jornais.

Mandela foi hospitalizado no dia 08 de dezembro. Ele foi diagnosticado com uma infecção pulmonar e também fez uma cirurgia de cálculo biliar, funcionários disseram que sua condição melhorou e que ele estava respondendo ao tratamento. O presidente Jacob Zuma reconheceu há alguns dias que a condição de Mandela tinha sido grave.

“Eles (os médicos) dizem que não há crise, mas acrescentar que eles não estão com pressa para mandá-lo para casa apenas ainda até que eles estão convencidos de que ele tem feito progressos suficientes”, disse Maharaj, de acordo com IOL.

“Pedimos ao público para continuar a apoiar Madiba”, disse ele, usando o nome de clã de Mandela, um termo carinhoso. Maharaj apelou para que as pessoas “entender que ele é de 94 anos e precisa de cuidados extraordinário”.

The Sunday Times, um jornal sul-Africano que não faz parte do grupo de mídia que possui IOL, também disse que Mandela era provável que passar o Natal em cuidados hospitalares. Ele não citou uma fonte. O jornal citou Maharaj, dizendo que os rumores de uma rápida deterioração na saúde de Mandela são “completamente falsas e infundadas”.

Sul-Africano Desmond Tutu disse que está orando por uma pronta recuperação para Mandela. Rádio 702, uma estação de Sul Africana, no domingo transmitiu uma entrevista com Tutu em que ela disse que trocou mensagens telefônicas de texto sobre o Mandela com a esposa do ícone anti-apartheid, Graça Machel.

Tutu e Nelson Mandela são laureados com o Nobel por causa de seu papel na luta contra o domínio da minoria branca. Mandela foi preso por 27 anos e serviu um mandato de cinco anos como presidente depois que ele foi eleito em primeiro da África do Sul eleições democráticas em 1994.

Por RN em Rede com informações do Jornal Star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.