sábado , dezembro 10 2016
Home / Mundo / Morre em hospital de Cingapura a indiana vítima de estupro

Morre em hospital de Cingapura a indiana vítima de estupro

A jovem indiana de 23 anos vítima de um brutal estupro coletivo em um ônibus em Nova Déli morreu em um hospital de Cingapura, confirmou a equipe médica que a tratava.

"A paciente morreu em paz às 4h45 do dia 29 de dezembro de 2012 [18h45 desta sexta-feira em Brasília]. Sua família e autoridades indianas estavam ao seu lado", diz o boletim do hospital Mount Elizabeth.

"O estado de saúde da jovem continuou se deteriorando desde sua internação no dia 27 de dezembro, apesar dos esforços da equipe de especialistas que a atendia", acrescenta a nota.

A jovem já havia passado por três cirurgias em Nova Déli antes de ser transferida para Cingapura. De acordo com os médicos a causa da morte foi dada como falência múltipla dos órgãos causada por severos ferimentos ao corpo e ao cérebro.

Mais cedo, Kelvin Loh, diretor do hospital Mount Elizabeth, havia dito que o estado da jovem continuava muito grave.

"A paciente está lutando contra as estatísticas, lutando para sobreviver. A investigação da nossa equipe médica logo que ela chegou ao hospital ontem mostrou que além de uma parada cardíaca, ela também teve infecção no pulmão e no abdômen, além de dano cerebral", acrescentou.

A jovem foi violentada durante uma hora por diversos homens e depois ela e um amigo foram espancados com barras de ferro e expulsos do ônibus nus.

BBC Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.