domingo , dezembro 4 2016
Home / RN / Falta de freios faz caminhão colidir com 8 veículos em Natal

Falta de freios faz caminhão colidir com 8 veículos em Natal

Um caminhão Ford Cargo prata desgovernado colidiu com oito veículos e ainda provocou a batida de vários outros na Avenida Tomaz Landim, zona Norte de Natal, por volta das 7h30. O acidente tomou toda a via no sentido zona Norte/Centro e deixou duas mulheres feridas. O condutor do caminhão, Joás Elias da Silva, 30 anos, afirma ter faltado freio em seu veículo. A Polícia Rodoviária Federal afirma que o caminhoneiro responderá criminalmente pelo acidente.
O caminhão que causou o acidente carregava areia em sua caçamba. Conforme o relato do condutor do Ford Cargo, ao descer o viaduto do complexo viário de Igapó, o freio não funcionou e ele não pode desacelerar o veículo. Assim, ele atingiu em cheio uma Fiat Strada azul, um GM Corsa verde, um GM Celta prata, uma Honda Fan preta, Fiat Palio branco, uma camioneta Gurgel branca, uma van prata e um ônibus da Guanabara. Outros veículos, tais como um GM Celta vermelho, um Fiat Fiesta preto, entre outros, também colidiram em consequência do acidente.
O gesseiro José Wellington Queiroz, condutor da Fiat Strada azul, primeiro veículo atingido, conta o susto que levou no momento do impacto. “Estava indo trabalhar quando senti aquela pancada e o carro sendo arrastado”. Seu carro teve a traseira quase que totalmente destruída. O fotógrafo Herácles Dantas, que dirigia o Fiat Palio branco, ficou tão assustado com o impacto que “achei que o fim do mundo seria hoje, tamanho foi o barulho que ouvi atrás de mim”.
As duas mulheres feridas, que não foram identificadas pela PRF, foram socorridas pelo serviço de atendimento móvel de urgência (Samu) ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, com ferimentos leves. Após um grande tumulto no trânsito no local, a PRF conseguiu desobstruir o tráfego uma hora depois do acidente.
Tendo sido solicitado para retirar o caminhão da via e deixar o veículo junto ao um posto de combustíveis, Joás Elias tentou fugir. Segundo o inspetor Arnaldo Rosas, no entanto, o condutor do veículo causador do acidente foi abordado pela Polícia Militar. “Ele vai responder criminalmente pelo acidente, uma vez que assumiu o risco de colocar tanto peso em seu caminhão, estando o veículo em mal estado de conservação. Em um horário como esse, em que tantas motos transitam pelo local, ele poderia ter matado muita gente”, comenta o inspetor.

Do DN Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.