terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Justiça / Acusado de matar gerente de hotel e PM no interior vai a julgamento

Acusado de matar gerente de hotel e PM no interior vai a julgamento

O Tribunal do Júri Popular volta a se reunir em Caicó, nesta terça-feira, (11), para o julgamento do réu Erivan da Cunha Macedo. A sessão foi adiada da semana passada para esta por causa do não comparecimento do representante do Ministério Público. O promotor da cidade de Currais Novos foi designado e atuará na acusação. O réu é acusado de ter matado no dia 20 de abril de 1995, no interior do antigo Hotel Vila do Príncipe em Caicó, o gerente Francisco das Chagas Sobrinho, (Chicão do Hotel), de 65 anos. Ele sofreu cinco tiros de revólver de calibre 38, e tombou morto no salão de entrada do prédio. A motivação, segundo os autos do processo, teria sido uma discussão anterior, quando ”Chicão” teria jogado um copo de wisk no rosto de Erivan.
Em relação ao crime, no dia 20 de abril de 1995, o acusado fugiu do Hotel com o apoio de Saulo Santos, em um veículo Opala. Ambos fugiram para a Fazenda Curral Queimado e de lá, Erivan conseguiu fugir. Posteriormente, Saulo Santos foi ouvido e sobre ele não pesa nenhuma acusação.
Erivan da Cunha Macedo já respondeu por outro homicídio no passado. No dia 15 de março de 1977, ele matou o soldado da Polícia Militar, Inácio Galvão de Fugueiredo com golpes de faca peixeira. O crime ocorreu na cidade de São João do Sabugi/RN.

Do DN online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.