sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / Polícia / Violência contra a Polícia: Nove PMs foram assassinados e 11 sofreram atentados em 2012 no RN

Violência contra a Polícia: Nove PMs foram assassinados e 11 sofreram atentados em 2012 no RN

 

Associação dos Cabos e Soldados da PMRN se preocupa com dados de violência contra a categoria

O ano de 2012 está marcado pela violência contra policiais do Rio Grande do Norte. Nesta segunda-feira (5), durante uma perseguição em Lajes Pintada, mais um policial miliar morreu em confronto com bandidos. Fernando Quirino do Nascimento foi o nono PM assassinado até este mês de novembro, de acordo com dados da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN.

Além dessas nove mortes, outros 11 policiais militares sofreram atentados ao longo deste ano e ficaram feridos. “Nós não só lamentos as mortes desses homens, como ficamos bastante preocupados. Até porque atribuímos isso principalmente à questão da impunidade. Na maioria desses casos, a família ainda não viu a justiça ser feita. Para se ter um exemplo, no ano passado, tivemos a morte soldado Ramalho, que completou um ano nesta segunda, e até agora nada foi feito”, comenta o soldado Roberto Campos, presidente da ACS-PM.

Realidade

De acordo com ele, essa não é uma realidade apenas do Rio Grande do Norte e que, por isso, “os nossos representantes nas instituições legislativas, como Câmara dos Deputados e Senado, precisam criar leis mais duras, não só para proteger a sociedade, mas também resguardar quem protege a vida da sociedade”.
Roberto Campos cita ainda que a fragilidade do sistema de segurança pública coloca em risco a vida dos policiais, principalmente no interior do Estado. “Sempre temos registros de atentados e roubos de armamentos em bases policiais, o que mostra uma clara desmoralização da estrutura de segurança. É preciso uma resposta e contratação imediata para aumentar efetivo, principalmente no interior, onde os policiais estão sendo humilhados. Hoje, na maioria dos municípios são apenas dois homens por dia, tornando-os muito vulneráveis”.
Ao longo destes 11 meses de 2012, foram registrados seis atentados contra as bases e viaturas da Polícia Militar, três deles, inclusive, em Natal. O presidente da Associação dos Cabos e Soldados comenta ainda que não só os policiais militares sofrem com essa fragilidade e insegurança. Ele cita como exemplo a morte de dois policiais civis em setembro deste ano.
Associação dos Cabos e Soldados divulgou relação de policiais mortos e feridos em 2012; confira
Policiais militares mortos
– 20 de Março de 2012, Gilvanilson Gomes da Silva (folga), assassinado no bairro de Felipe Camarão, zona Oeste.
– 02 de Junho de 2012, Adriano Lúcio Feliciano da Silva (folga), assassinado na Shock Casa Show, zona Norte de Natal.
– 25 de junho de 2012, Roberto Alves de Freitas (folga), assassinado nas Quintas, zona Leste de Natal.
– 18 de Agosto de 2012, Jorge Pontes Damasceno (serviço), assassinado no bairro das Quintas, zona Leste de Natal.
– 20 de Agosto de 2012, Sérgio Henrique dos Santos (folga, mas fazendo bico), assassinado nas imediações da Praça Gentil Ferreira, no Alecrim.
– 08 de setembro de 2012, Algarim Medeiros da Silva (folga, mas fazendo bico), assassinado conjunto Paraíso, na zona Norte de Natal.
– 28 de Outubro de 2012, Ismael Antônio Mendes da Silva (folga), assassinado em Macaíba.
– 31 de Outubro de 2012, Sandro Richele de Araújo (folga), assassinado em São Paulo do Potengi.
– 5 de novembro de 2012, Fernando Quirino (serviço), assassinado na área rural de Lajes Pintadas.
Policiais feridos
– 02 de Junho de 2012, Márcio Albuquerque Firmo de Souza (folga), baleado na Shock Casa Show, zona norte de natal.
– 05 de Março de 2012, João Maria Marques da Silva (folga) baleado no município de Goianinha.
– 25 de Junho de 2012, Luiz Eduardo da Cunha (serviço), baleado nas Quintas, zona leste de Natal (atentado ao Soldado Roberto Alves de Freitas).
– 25 de Junho de 2012, Jair Edson Lima (serviço), baleado nas Quintas, zona Leste de Natal (atentado ao Soldado Roberto Alves de Freitas).
– 29 de Outubro de 2012, Daniel Galdino da Silva (folga), baleado no Brasil Novo, zona Norte de Natal.
– 09 de Outubro de 2012, Wellington Alves (folga), baleado em um condomínio de Nova Parnamirim.
– 01 de Novembro de 2012, sargento Gerson (folga), baleado em Igapó, em uma tentativa de assalto.
– 01 de novembro de 2012, Erivan Felix de Lima (folga), alvejado no Vale Dourado em uma tentativa assalto.
– Everton (serviço) baleado em Ielmo Marinho pelo vereador Junior do Mercadinho.
– Leandro (folga) baleado na zona Norte de Natal.
– 5 de novembro de 2012, Emanuel (serviço), baleado na área rural de Lajes Pintadas.

Atentados contra Bases e viaturas

– 23 de abril, o posto policial de Felipe Camarão, zona Oeste de Natal, alvo de tiros.
– 21 de Agosto de 2012, Bandidos atiram contra a base da policia militar em Potilândia.
– 21 de Agosto de 2012, Bandidos atiram contra a base da policia militar do Alvorada, zona Norte.
– 25 de Outubro de 2012, Roubo de armas da Polícia Militar em Bom Jesus.
– 05 de novembro de 2012, Em Mossoró, bandido tenta invadir o 2º BPM.
– Na Delegacia de Taipu, viatura é incendiada

Policiais civis assassinados

– 05 de Setembro de 2012, Jovanez de Oliveira Borges, morto na BR-101.
– 05 de Setembro de 2012, Antônio Pereira Pinto Neto, morto na BR-101.

Fonte: DN ONLINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.