domingo , dezembro 11 2016
Home / Política / Para deputado Eudes Xavier, aliança estadual entre PT e PSB no Ceará ‘foi detonada’

Para deputado Eudes Xavier, aliança estadual entre PT e PSB no Ceará ‘foi detonada’

Após o anúncio de que o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) deverá fazer oposição ao governo do prefeito eleito, Roberto Cláudio, parte da bancada de deputados federais do PT do Ceará demonstrou que tem ressalvas acerca do apoio ao governo de Cid Gomes (PSB) ou que é contra a aliança. Para o deputado Eudes Xavier, a aliança que existia entre PT e PSB no Ceará “foi detonada pela família Ferreira Gomes”. O deputado disse que segue o diretório municipal e questionou que, se não há interesse na manutenção da aliança em nível municipal, “não há sentido em uma aliança estadual”.


O deputado Artur Bruno disse que aguardará um posicionamento da presidente Dilma e do PT nacional antes de assumir um postura definitiva, mas adiantou o descontentamento com o governo estadual. “É preciso fazer um balanço”, afirmou. Segundo o deputado, o PT não costuma participar das decisões estratégicas do Governo Estadual. “Se é para continuar junto, é preciso mudar essa relação”, declarou.

“Partido saiu fortalecido”

Já o deputado federal José Guimarães afirmou que foi feito um balanço das eleições no Estado pela ala petista comandada por ele. O deputado disse que considerou o resultado das eleições no Ceará como positivo, apesar da derrota de Elmano de Freitas, na Capital. Para ele, o partido saiu fortalecido da disputa.

Por parte do PT, a manutenção ou não da aliança estadual com o PSB deve ser decidida na quarta-feira (7), em reunião com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, deputados federais e estaduais do partido, o senador José Pimentel, a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, e o candidato petista às eleições municipais, Elmano de Freitas. A reunião deve ocorrer às 10h no diretório nacional do PT em Brasília

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.