sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / Política / Operação Assepsia: Ex-funcionário da TV Ponta Negra operava o esquema criminoso de Micarla

Operação Assepsia: Ex-funcionário da TV Ponta Negra operava o esquema criminoso de Micarla

A petição do Ministério Público Estadual (MPE) que pediu pelo afastamento de Micarla de Sousa da prefeitura do Natal indica também o jornalista e ex-funcionário da TV Ponta Negra Francisco de Assis Rocha Viana, pessoa de mais alta confiança de Micarla, como servidor responsável por ser o interlocutor dos donos da empresa Associação Marca no esquema criminoso investigado na Operação Assepsia. Esse mesmo servidor era o adminstrador direto das contas pessoais da prefeita.
O documento afirma que Francisco de Assis passou a protagonizar o esquema fraudulento de desvios da Secretaria Municipal de Saúde de Natal com as saídas de Thiago Trintade (então secretário da pasta), e Alexandre Magno (antigo procurador do Município) da secretaria.
A petição traz conversas registrada em chats e interceptações telefônicas que evidenciam as negociatas mantidas pela pessoa de confiança de Micarla com os donos da Associação Marca. Além disso, o documento contém ainda interceptações telefônicas que demonstram a relação de administrador pessoal das finanças da prefeita e do seu marido, o radialisa Miguel Weber. O nível de intimidade de Francisco de Assis e Micarla de Sousa era tamanho, segundo o MPE, que ambos trocavam mensagens de celular tratando da situação financeira da chefe do executivo municipal.
O documento exibe ainda várias interceptações telefônicas em que Francisco de Assis buscava de forma ilícita dinheiro para pagar dívidas pessoais de Micarla de Sousa.

Do DN Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.