sábado , dezembro 3 2016
Home / Poemas e poesias / Mensagens poéticas de terça-feira, 27 de novembro

Mensagens poéticas de terça-feira, 27 de novembro

<<< Uma Trova de Ademar >>>
Numa gestação tão pura,
Deus, em forma de decreto,
determinou que a ternura
fosse irmã gêmea do afeto.
–Ademar Macedo/RN–

<<< Uma Trova Nacional >>>
Um mundo melhor… queria,
para deixar aos meus netos,
onde imperasse a alegria
numa transfusão de afetos!
–Gislaine Canales/SC–
<<< Uma Trova Potiguar >>>
Eu pus a minha jangada
no mar revolto da vida,
onde, às vezes, foi "quebrada",
mas logo, reconstruída.
–Tarcício Fernandes/RN–
<<< Uma Trova Premiada >>>
1998 > Ribeirão Preto/SP
Tema > SONHO > 2º Lugar
Meus pobres sonhos, tão fracos,
a vida em escombro os fez,
mas, teimosa, eu junto os cacos…
e eis-me a sonhar outra vez!
–Dorothy Jansson Moretti/SP–
<<< …E Suas Trovas Ficaram >>>
Quanto mais disciplinado,
mais valor terá seu filho;
o diamante lapidado
se conhece pelo brilho.
–Carorina A. de Castro/PE–
<<< U m a P o e s i a >>>
A jura do amor primeiro
a gente nunca se esquece,
fica gravada na mente
vez por outra ela aparece…
Se compara a uma semente,
que regada, brota e cresce.
–Hélio Pedro/RN–
<<< Soneto do Dia >>>
A ALMA DA PEDRA.
–Hegel Pontes/MG–
Longa pesquisa. E o mestre hindu descobre
que existe uma fadiga nos metais;
que o descanso renova, do ouro ao cobre,
o reino singular dos minerais.
Eu também sinto que a matéria encobre
estranhas vibrações emocionais.
É que a pedra tem alma, simples, nobre,
sonhando evoluções espirituais.
E a alma da pedra imóvel é a energia
que evolui, na ilusória letargia,
entre seres gigantes e pigmeus.
E sonha, nos milênios que a consomem,
ser um cacto que sonha ser um homem,
ser um homem que sonha ser um Deus.

Por Ademar Macedo o poeta do amanhecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.