sábado , dezembro 3 2016
Home / Mundo / Brasileiro acha 20 mil dólares em livro no Estados Unidos e procura o dono do dinheiro

Brasileiro acha 20 mil dólares em livro no Estados Unidos e procura o dono do dinheiro

O brasileiro Carlos, de Ipatinga, Minas Gerais, afirma  ter encontrado entre US$ 20 mil (R$ 41 mil) e US$ 30 mil (R$ 62 mil) em dinheiro enquanto visitava uma loja de reciclagem nos EUA e que aguarda contato do dono da quantia.

Livro encontrado por Carlos (Foto: Arquivo Pessoal)

Em conversa por telefone com o G1 nesta segunda-feira (19), Carlos, que prefere que seu sobrenome não seja divulgado, disse que trabalha limpando residências em Marlborough, no estado de Massachusetts, e relata que tem "uma vida tranquila". "US$ 20 mil iam me ajudar? Claro que sim. Não sou milionário, muito menos rico", conta.

Carlos visitava o estabelecimento da cidade próxima de Wellesely no dia 12 de outubro para abastecer sua coleção de revistas sobre natureza – na loja, é possível trocar ou pegar itens antigos que iriam para a reciclagem.

“Quando encontrei o livro, saí correndo para o carro”, disse. "Minha mulher quase teve um troço”, conta.

Ele relata que gostaria de devolver o dinheiro e ponderou o que fazer. Ele entrou em contato com a polícia e com um advogado, que disseram que, como o valor estava em dinheiro, o brasileiro teria direito a ele 30 dias após a ocorrência ser registrada.

O mineiro também entrou em contato com a imprensa local, que fez matérias e divulgou o e-mail dele.

Ele conta que os filhos só souberam do dinheiro por meio da repercussão da mídia. “Fiz isto para não deixar eles com esperança” (de ficar com o dinheiro), conta.

Carlos segura o livro que encontrou em loja de reciclagem (Foto: Arquivo Pessoal)Carlos segura o livro que encontrou em loja de reciclagem (Foto: Arquivo Pessoal)

Contatos

Carlos não revela a quantia exata do valor porque espera que o dono saiba a informação quando fizer o contato. “Também tem que descrever o nome do livro, a cor, a capa e o autor, além de duas coisas pequenas que estão com o dinheiro”, diz.

Mesmo com a margem de US$ 10 mil e as informações exigidas, o brasileiro relata já ter recebido 14 e-mails de pessoas que diziam ser donas da quantia.

“Três disseram ‘esse é meu livro, meu dinheiro’, mas falaram que não lembravam de mais informações”. Outros argumentaram que o livro estaria em polonês, que é do o pai que coleciona raridades ou que é de posse da avó espanhola, entre outras histórias. Nenhuma versão batia, segundo Carlos.

Espera de três meses

O mineiro diz que vai esperar alguém reivindicar o dinheiro até aproximadamente 8 de fevereiro – três meses após a primeira matéria local sobre o caso. Caso ninguém recupere a quantia, ele deve ficar com a maior parte: “Vou doar 10% do dinheiro para caridade e 90% vou usar para pagar a universidade dos filhos”

Carlos relata que sua filha mais velha estuda engenharia em uma faculdade de Boston e que a família tem uma dívida de cerca de US$ 22 mil com a instituição. O filho está no colegial e pretende cursar arquitetura no mesmo local, diz.

Ele diz que não se preocupa com a dívida, mesmo se o dinheiro que encontrou voltar ao dono: “Consigo pagar com juros depois”.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.