sábado , dezembro 3 2016
Home / Poemas e poesias / Vive Correndo Perigo Quem Ama Mulher Casada.

Vive Correndo Perigo Quem Ama Mulher Casada.

00 Liteartura popular logo

Eu sei mesmo que é errado
Namorar mulher alheia
Que dá briga, dá cadeia
Confusão por todo lado;
E não vive sossegado
Quem entra nessa parada
Fica com a vida marcada
Na mira do inimigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

A minha avó já dizia
Há bastante tempo atrás
Que o sujeito que quer paz
Não entra nessa porfia;
Eu sofro porque um dia
No colo da madrugada
Desencantei uma fada
Porém perdi um amigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

Acho que devido ser
O negócio perigoso
Fica tudo mais gostoso
Por isso dá mais prazer.
Mas não se deve esquecer
Que a coisa é complicada
E foi num foi uma espada
Quer furar o seu umbigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

Mote e Glosas: Léo Medeiros
Sobral, 10 de março de 2009.

Home / Poemas e poesias / Vive Correndo Perigo Quem Ama Mulher Casada.

Vive Correndo Perigo Quem Ama Mulher Casada.

00 Liteartura popular logo

Eu sei mesmo que é errado
Namorar mulher alheia
Que dá briga, dá cadeia
Confusão por todo lado;
E não vive sossegado
Quem entra nessa parada
Fica com a vida marcada
Na mira do inimigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

A minha avó já dizia
Há bastante tempo atrás
Que o sujeito que quer paz
Não entra nessa porfia;
Eu sofro porque um dia
No colo da madrugada
Desencantei uma fada
Porém perdi um amigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

Acho que devido ser
O negócio perigoso
Fica tudo mais gostoso
Por isso dá mais prazer.
Mas não se deve esquecer
Que a coisa é complicada
E foi num foi uma espada
Quer furar o seu umbigo
Vive Correndo Perigo
Quem Ama Mulher Casada.

Mote e Glosas: Léo Medeiros
Sobral, 10 de março de 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.