sábado , dezembro 3 2016
Home / Política / Vereadora eleita de Natal confirma renúncia de salário

Vereadora eleita de Natal confirma renúncia de salário

A professora Eleika Bezerra, eleita vereadora de Natal pelo PSDC – Partido Social Democrático Cristão, se pronunciou publicamente na noite deste domingo (07) em agradecimento aos votos recebidos. Na ocasião, Eleika Bezerra reafirmou seu compromisso, registrado em cartório, de renunciar seu salário na Câmara de Vereadores.
 
“Já me sentia vitoriosa pela nossa campanha limpa. Agora, aumentam as responsabilidades. Meu compromisso é trabalhar focada na educação e na ética, em retribuição e agradecimento a todos que confiaram em mim”, disse a professora.
A educadora é a única vereadora em Natal que renunciou 100% de seu salário na Câmara Municipal do Natal em prol da comunidade. O ato foi registrado no 2º Ofício de Notas de Natal, no dia 20 de agosto de 2012.
No documento, registrado em cartório, Eleika Bezerra destina seu salário para apoiar ações voltadas para a educação, em especial da infância e da adolescência, bem como para o benifício dos idosos.   Professora aposentada da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e aos 69 anos, Eleika Bezerra se candidatou pela primeira vez.
“Felizmente, eu e minha família dispomos do necessário para termos uma vida digna. Por isso, me acho no dever de abdicar do salário como vereadora para lutar por uma causa que eu dediquei toda a minha vida, a educação”, disse a vereadora eleita, que é referência no assunto no Rio Grande do Norte.
Histórico
Eleika Bezerra, 69 anos, é professora aposentada da UFRN. Foi sub-secretária de educação do Estado e secretária municipal de educação de Ielmo Marinho e Natal, onde foi responsável pela criação do Programa Pré-escola Para Todos. A professora já atuou na direção do Instituto Kennedy e fundou, junto com um grupo de educadores, o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE).
Fonte: Blog do primo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.