domingo , dezembro 11 2016
Home / Nacional / Integrantes de banda acusados de estupro à menores na Bahia conseguiram habeas-corpus

Integrantes de banda acusados de estupro à menores na Bahia conseguiram habeas-corpus

O Tribunal de Justiça (TJ) da Bahia concedeu na manhã desta terça-feira habeas-corpus a todos os músicos da banda de pagode suspeita de estuprar duas meninas dentro do trio elétrico. Além deles, o policial militar que teria acobertado a violência e que também estava preso conseguiu ter a liberdade concedida pela Justiça.
Estavam presos no Presídio Regional de Feira de Santana Alan Aragão Trigueiros, Carlos Frederico Santos de Aragão, Edson Bonfim Berhends Santos, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, Guilherme Augusto Campos Silva, Jefferson Pinto dos Santos, Jhon Ghendow de Souza Silva, Michel Melo de Almeida, Weslen Danilo Borges Lopes e William Ricardo de Farias.
Segundo o TJ, o habeas-corpus foi concedido em favor de todos os suspeitos porque todos têm residência fixa e também nenhum antecedente criminal. O policial está preso no Batalhão de Choque de Lauro de Freitas e também deve ser liberado em breve. Apesar disto, todos já foram denunciados pelo Ministério Público Estadual por estupro após investigações da Polícia Civil da cidade de Ruy Barbosa, onde o estupro teria acontecido.
De acordo com os peritos, os corpos das jovens continham marcas da violência sexual e as roupas que ambas vestiam continham grande quantidade de sêmen. O delegado titular Marcelo Cavalcanti disse que o material encontrado era bastante superior até ao que poderia ter sido emitido por duas ou três pessoas.
Segundo a investigação do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, uma das garotas era virgem. De acordo com o MP, o fato se configura como estupro qualificado com características de crime hediondo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.