domingo , dezembro 4 2016
Home / Futebol / Guarany consegue um empate fora, mas contesta arbitragem de Paulo Henrique

Guarany consegue um empate fora, mas contesta arbitragem de Paulo Henrique

O empate com o líder da Série C fora de casa poderia ser considerado bom resultado em outras circustâncias. Mas após o 1 a 1 com o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, o Guarany de Sobral reclamou bastante do árbitro Paulo Henrique Schleich Vollkopf, do Mato Grosso do Sul.
Depois de um primeiro tempo em que o Bugre se concentrou em segurar a pressão do adversário, a etapa complementar começou com a primeira reclamação rubronegra. Aos 13 minutos, o zagueiro Douglas dividiu com o atacante Mateus, que caiu. O árbitro marcou pênalti e ainda expulsou o defensor do Cacique. Rubinho cobrou bem e fez o gol do Luverdense.
Aos 39 minutos, Wanderley empatou cobrando falta e o Guarany poderia estar comemorando uma redentora vitória não fosse um gol anulado pela arbitragem. Após cobrança de escanteio e um primeiro desvio, a bola se ofereceu para Robert marcar. O assistente marcou impedimento. O árbitro já havia confirmado o gol, mas resolveu atender o aceno do bandeirinha.
O diretor de futebol Ocílio Costa não escondeu sua irritação com a atuação do trio de arbitragem. “O lance do nosso gol anulado vou esperar um pouco para ver na TV e falar, mas acho que não houve impedimento. Agora, o pênalti marcado contra a gente foi um absurdo”, reclamou o dirigente.
Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.