sábado , dezembro 10 2016
Home / Educação / Educação: Site que vendia diplomas de universidades do Ceará é retirado do ar

Educação: Site que vendia diplomas de universidades do Ceará é retirado do ar

O site que vendia diplomas de mais de 250 cursos superiores por um preço de R$ 410 foi retirado do ar após as denúncias contra a página eletrônica intitulada como EAD Center.
A retirada aconteceu depois do Ministério Público Federal instaurar um procedimento para a investigação criminal do serviço de venda de diplomas de instituições de formação superior de todo o Brasil.
Entre as opções de certificações, eram oferecidos os diplomas da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade de Fortaleza (Unifor), Universidade Federal do Ceará (UFC) e ainda de outras instituições do estado.

Relembre o caso

A descrição do site afirmava ser possível obter um diploma com “total sigilo e segurança”. Ele ainda dizia que o documento era registrado nos órgãos competentes como no MEC e a publicação em Diário Oficial da União.
O site EAD Center ainda garantia que tinha experiência na atividade e que possuía vínculo com instituições de educação. “Apesar de muitos alegarem oferecer este tipo de serviço, poucos tem exemplos de negociações sigilosas com pessoas que compraram e obtiveram sucesso profissional. Possuímos vínculos com instituições públicas e privadas”, dizia em nota disponível na internet.
Cursos e diplomas variados
Além das graduações, eram oferecidos diplomas de pós-graduação, mestrado e doutorado. O site disponibilizava também serviço de produção de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).
O pró-reitor de graduação da Universidade Federal do Ceará, Custódio Almeida, afirmou que não tinha conhecimento desses diplomas falsificados e que não existe vínculo algum com o site que oferece este tipo de serviço.

Site
Para comprar um diploma de curso superior, era preciso apenas preencher um documento e depositar o valor de R$ 410. Foto: Reprodução


De acordo com ele, existe toda uma preocupação com a estrutura do diploma da universidade. Caso o selo de segurança existente no documento seja retirado, o selo se destrói, o que faz com que o diploma perca sua validade.  Além disso, o pró-reitor afirmou também que existe um código na margem que autentica o diploma.
A assessoria da Uece afirmou que a universidade não possui nenhum vínculo com o site. “A Uece não tem nenhuma ligação com o site. Todo conteúdo referente à instituição é sem fundamentos”, diz. De acordo ainda com a assessoria, ainda não foi decidido se será tomada alguma providência sobre os anúncios irregulares.
Já a Unifor, divulgou uma nota sobre o caso:
A Universidade de Fortaleza afirma enfaticamente que desconhece tal ação criminosa e reitera que seus documentos acadêmicos, especialmente os diplomas, possuem inúmeros dispositivos de segurança visando assegurar a sua autenticidade. “Os diplomas de graduação e pós-graduação da Unifor possuem vários elementos de segurança, tais como marca d´água, fibras coloridas, impressão em alto-relevo, fundos especiais, registro coincidente, fita de segurança, marca tátil, dentre outras, tornando muito complicada a fraude”, explica o Vice-Reitor de Graduação, Prof. Henrique Sá. A Universidade acompanhará as investigações e está à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos.

Compra do diploma

Para comprar um diploma de curso superior, era preciso apenas preencher um documento e depositar o valor de R$ 410. “Será necessário que preencha um formulário. Após este procedimento, o (a) senhor (a) receberá um e-mail  com as informações necessários para pagamento. Em seguida, após confirmado o pagamento, receberá um e-mail ou telefonema da nossa equipe que fará a aprovação do seu pedido”, informava a nota.

Fonte: http://www.jangadeiroonline.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.