segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Sem categoria / Cid ataca PT, mas nega em romper no cenário presidencial

Cid ataca PT, mas nega em romper no cenário presidencial

FORTALEZA – Em ato de campanha neste domingo – um adesivaço em prol de seu candidato a prefeito, Roberto Cláudio (PSB) -, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), atacou a prefeita Luizianne Lins (PT) e o candidato petista Elmano de Freitas. Negou, porém, que o fato de governadores do PSB, como ele e Eduardo Campos (PE), lançarem candidatos próprios, rompendo uma aliança com o PT local, signifique a escolha de um caminho desvinculado dos petistas em 2014, para a Presidência. Na reta final da campanha, os líderes políticos do PSB já começam a reconstruir os pontos com seu aliado tradicional.

– O PSB não está pensando nisso (em projeto para a Presidência em 2014). O PSB é um partido que, em nível nacional, é aliado de um projeto que foi iniciado com Lula e que Dilma dá sequência. Nossa disposição é aprofundar esse projeto e essa parceria – afirmou.- Em Sobral, que é a cidade que nasci e que fui prefeito, o candidato que apoiamos é do PT. Em Itapipoca, o candidato que apoiamos, é do PT. Há vários municípios onde também o PT nos apoia. Em Fortaleza, infelizmente, não foi possível esta aliança.
As pesquisas divulgadas na sexta-feira expõem divergência sobre a dianteira na disputa. De acordo com o Ibope, Roberto Cláudio tem 25% das intenções de voto; Elmano de Freitas aparece com 21%, e Moroni Torgan (DEM) soma 19%. Já o Datafolha aponta Elmano de Freitas em primeiro lugar, com 24% das intenções de voto, Roberto Cláudio com 19%, um ponto a frente de Moroni Torgan, que atingiu 18%.
O governador não poupou críticas à prefeita, com quem rompeu relações políticas. Ele culpou Luizianne Lins pelo fim da aliança entre os dois partidos na capital. Para ele, a prefeita e o grupo dela não representam o PT como um todo, mas uma facção.
– O projeto que governa Fortaleza, que é liderado pela Luizianne Lins, que é uma facção do PT, é um projeto que é rejeitado pela grande maioria da população de Fortaleza. Não faz sentido, a meu juízo, juntar todo mundo para apoiar esse projeto, que era desgastado junto à opinião pública.
Ontem, durante a campanha, partidários do candidato Roberto Cláudio distribuíam adesivos com a frase “#Poste não, mamãe”, numa alusão ao petista. No entanto, na entrevista Cid qualificou Elmano como um dos homens fortes do governo de Luizianne.
– A Luizianne radicalizou e colocou uma pessoa como candidato que é do núcleo duro dela. Ela tem cinco pessoas que mandam na prefeitura. O Elmano é um deles. Esse grupinho que manda em tudo, que resolve tudo. Secretário é só para bater ponto na prefeitura. E o Elmano é parte desse grupo. Ou seja, está acenando claramente que não haverá mudança. Foi por isso que lançamos outra candidatura.
Durante o ato político de ontem pela manhã, a bandinha que acompanhava o candidato tocava “É dos carecas que elas gostam mais”, uma referência aos poucos fios de cabelo de Roberto Cláudio. Em determinado momento, os músicos atacaram de “ole, ole, olá, Lula, Lula”.

Fonte: Yahoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.