sexta-feira , dezembro 2 2016
Home / Nacional / Bandidos armados invadem forum para executar promotor no interior do Ceará

Bandidos armados invadem forum para executar promotor no interior do Ceará

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPE) anunciou, ontem, ter iniciado uma investigação com o objetivo de apurar ameaças de morte que teriam sido dirigidas a um promotor público com atuação no Interior do Estado. A vítima teria sido procurada por dois homens que invadiram o Fórum da Comarca de Itarema (237Km de Fortaleza), na semana passada.

Os desconhecidos estavam armados no momento em que invadiram o Fórum em busca de encontrar o promotor de Justiça Iuri Rocha Leitão. No momento no incidente, o promotor não se encontrava ali. No entanto, o vigia do Fórum foi rendido e obrigado a levar os supostos pistoleiros à sala destinada ao representante do Ministério Público.
Depois que constataram que Iuri Leitão não se encontrava no prédio, os suspeitos fugiram do local em uma moto preta.
Aproveitar
Na apuração do fato, o MP descobriu que os homens armados disseram que deveriam ter aproveitado aquele dia para praticar o atentado, já que os policiais militares do destacamento da PM de Itarema havia se ausentado da cidade. Eles estariam, naquele momento, na vizinha cidade de Acaraú, no litoral Oeste.
A falta de câmeras no Fórum de Itarema impossibilitou as autoridades de identificar os dois homens armados.
Escolta
Desde o dia da tentativa de agressão, o promotor de Justiça vem sendo acompanhado por policiais militares. A escolta é feita durante 24 horas, após o fato ter sido comunicado pela Procuradoria Geral da Justiça (PGJ) à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Os motivos do atentado estão sendo objeto de uma investigação aberta pelo MPE através do seu Núcleo de Segurança Institucional e de Inteligência (Nusit). Foi nomeada uma comissão de promotores de Justiça para apurar rigorosamente o caso.Casos
O presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), promotor de Justiça Rinaldo Janja, lembrou de outros episódios recentes em que colegas foram vítimas de ameaças e atentados no Interior cearense.
Um desses episódios teve com palco a cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri.
Segundo Jana, o promotor daquela cidade sofreu ameaças à sua integridade física. Fato semelhante, segundo ele, ocorreu também na cidade de Pedra Branca (261Km de Fortaleza), onde a residência do promotor daquela comarca foi alvejada com diversos tiros.
Fato mais grave, segundo Rinaldo Janja, aconteceu dentro do Fórum da cidade de Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe (194Km de Fortaleza), quando a sala de audiências foi invadida por um homem armado de faca. Ele teve que ser contido pelo próprio promotor daquela cidade, que evitou, assim, um assassinato. Já em Guaraciaba do Norte, um homem armado também invadiu o Fórum, atirando, à procura do juiz.
Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.