segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Polícia / Violência em Natal: Cinco mortos em um bar e mais duas execuções na grande Natal

Violência em Natal: Cinco mortos em um bar e mais duas execuções na grande Natal

Depois de um fim de semana violento em Natal, a segunda-feira (17) terminou ainda mais sangrenta. Cinco homem foram executados com tiros de espingarda calibre 12 durante chacina em bar no bairro de Cidade Nova, zona Oeste de Natal. O crime ocorreu por volta das 20h30 e ninguém foi preso. Na Grande Natal, mais especificamente em Parnamirim e São Gonçalo, mais duas execuções foram registradas.
A chacina em Cidade Nova começou quando um grupo de bandidos adentrou o Bar da Amizade, na rua Dantas Berreto. Os criminosos desceram de um carro preto ainda não identificado e atiraram contra os que estavam no estabelecimento. Foram mortos na hora o proprietário do bar, Paulo Cassiano da Silva, os irmãos José Aelson Félix e José Adriano Félix, além de um homem identificado como Arnóbio Nascimento e Francisco Márcio da Silva. O último chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no Walfredo Gurgel.
A Polícia Militar ouviu moradores da região e não tem confirmação sobre os motivos que podem ter levado o bando a realizar a chacina. Há a suspeita de que o estabelecimento funcionaria como ponto de venda de drogas, mas não há informações que liguem as vítimas ao tráfico ou sequer se eles eram consumidores de entorpecentes. A Polícia Civil já está investigando o caso.
Além das mortes na Zona Oeste, também foram executados um homem de 41 anos ainda não identificado, no bairro do Golandim, em São Gonçalo do Amarante, e um em Parnamirim, no bairro Jardim Planalto. O primeiro crime ocorreu quando a vítima estava em casa e o criminoso atirou através da grade do portão. Há suspeitas de que o alvo seria, na verdade, o filho da vítima, supostamente envolvido com o tráfico de drogas. A mesma motivação pode ter ocorrido em Parnamirim, onde um trio de criminosos desceu de um veículo não identificado e matou um homem também não identificado em frente a uma igreja evangélica.
Somente no crime que ocorreu em Parnamirim é que há pistas sobre os suspeitos. Assim como nos demais homicídios, a suspeita é que a morte tenha relação ao tráfico de drogas.

Fonte: Tribuna do Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.