quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Futebol / Rio Grande do Norte em festa: Baraúnas vence Campinense e conquista acesso à Série C

Rio Grande do Norte em festa: Baraúnas vence Campinense e conquista acesso à Série C

O Baraúnas tornou perfeito o final de semana do futebol do Rio Grande do Norte. Em jogo tumultuado, o Leão do Oeste bateu o Campinense de 2 a 0, jogava por um empate sem gols, e garantiu sua participação na Série do Brasileiro em 2013. Festa no Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró, na partida válida para as quartas de final da Série D.

O Baraúnas entrou em campo neste domingo (23) com a boa vantagem conseguida com um empate de 1 a 1 no jogo em Campina Grande. O Baru vai às semifinais da competição, enfrentando o Sampaio Corrêa do Maranhão, que também garantiu o acesso. Crac-GO e Mogi Mirim-SP também avançaram e ficaram o acesso.

O jogo, como não poderia ser diferente, foi muito nervoso. Nos primeiros 45 minutos as duas equipes criaram pouco. E logo aos 15 minutos começou a brilhar a estrela do atacante Alvinho, decisivo no acesso. O garoto de Currais Novos aproveitou o vacilo do zagueiro Charles Wagner e não desperdiçou, abrindo o placar para o delírio dos tricolores. O Campinense até que mostrava bom toque de bola, e ainda fez certa pressão, mas parava na boa marcação da defensiva do Baru.

A prtida mostrava jogadores experientes com os nervos à flor da pele, casos de Bem-Hur (Campinense) e Rafael Matos (Baraúnas). Os dois trocaram “gentilezas”, perderam a cabeça, discutiram e foram expulsos com 34 minutos de jogo. O meia Isaías, da Raposa, se envolveu em confusão com um gandula e também foi embora para mais cedo para o chuveiro.

No segundo tempo, o papo com o bom treinador Freitas Nascimento deu resultado. O Campinense voltou com tudo e chegou a assustar o Baru. E teve até um gol anulado, logo aos 12 minutos. O artilheiro Warley pegou rebote na cabeçada na trave de Eduardo Rato, mas estava realmente em situação irregular.

Com o susto, o Baraúnas acordou, se armou bem e conseguiu equilibrar o jogo e por um bom tempo manter a bola no seu campo de ataque, deixando o tempo passar para não correr risco de empate e ver o jogo ser decidido nas penalidades.

Quando o time de Campina Grande ainda tentava chegar ao gol de empate, tentando esboçar uma pressão, o rápido Adalgiso Pitbull fez o segundo do Baraúnas e garantiu o acesso à Série C.

A defesa vacilou, ficou um esperando pelo outro, e com sua velocidade característica, o atacante aproveitou, invadiu a área, driblou o goleiro e marcou o gol que determinou a festa no Estádio Nogueirão e pôs o Baru na Série C do Brasileiro, isso quando não dava mais tempo para nada, aos 47.

Linda vitória do Baraúnas que agora parte em busca do sonho de repetir o ABC e também ganhar um título nacional. Na partida contra o Sampaio, a vantagem passa a ser dos maranhenses que, invictos, com melhor campanha, fazem o segundo jogo em casa.

Ficha Técnica
Baraúnas 2 x 0 Campinense

Fase: Quartas de final
Data: 23/09/2012
Horário: 16h
Local: Estádio Nogueirão, em Mossoró (RN)
Árbitro: Jefferson Schmidt (SC)
Assistentes: Rosnei Hoffman Scherer (SC) e Helton Nunes (SC)

Cartões Amarelos
Baraúnas:Nininho, Paulinho Mossoró, Elivelton
Campinense:Breno, Celso

Cartões Vermelhos
Baraúnas:Rafael Matos
Campinense:Ben-Hur, Isaias

Gols
Baraúnas: Alvinho 14′ 1T, Adalgiso 43′ 2T

Baraúnas – Érico; Rafinha, Índio, Jonathan e Nininho; Romeu, Sorato, Rafael Matos e Paulinho Mossoró; Gilmar (Johnson) e Alvinho (Adalgiso). Técnico: Wassil Mendes

Campinense – Pantera; Madson, Breno, Ben-Hur e Renatinho; Charles Vagner (Celso), Anderson Paulista, Fernandes e Adriano Felício (Anderson Oliveira); Warley e Potita (Eduardo Rato). Técnico: Freitas Nascimento

http://www.nominuto.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.