sexta-feira , dezembro 9 2016
Home / Sem categoria / Bilionário Russo pode pegar sete anos de prisão por agredir investigador na TV

Bilionário Russo pode pegar sete anos de prisão por agredir investigador na TV

Um bilionário russo abertamente contrário ao governo foi indiciado nesta semana por truculência e agressão por conta de socos proferidos contra um investidor imobiliário durante um programa de TV ao vivo há mais de um ano.

Caso seja considerado culpado, o magnata Alexander Lebedev poderá ser condenado a até sete anos de prisão. A agressão em questão aconteceu durante um debate acalorado sobre temas econômicos na TV russa em setembro de 2011.

O empresário de 52 anos acusa a Justiça de mover o processo contra ele por motivações políticas e compara seu caso ao da banda feminina de punk Pussy Riot.

Ele alegou ter agido em legítima defesa, argumentando que o investidor Sergei Polonski estava prestes a agredi-lo. Lebedev foi indiciado por truculência e agressão “motivada por ódio político, ideológico, racial, nacional ou religioso ou ódio por um grupo social particular” – a mesma acusação que levou à condenação de três membros da Pussy Riot a dois anos de prisão em agosto.

VEJA O VÍDEO


O magnata, cuja fortuna foi estimada pela revista Forbes em US$ 1,1 bilhão (cerca de R$ 2,2 bilhões), foi proibido de deixar a Rússia até o julgamento, previsto para começar no fim de outubro.

Lebedev fez fortuna como dono de um banco na Rússia antes de se aventurar pelo setor de mídia.

Ele é sócio majoritário do jornal russo Novaya Gazeta, que faz oposição ao governo. Ele também é dono dos jornais britânicos The Independent e Evening Standard.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.