sábado , dezembro 3 2016
Home / RN / O Governo do RN cancelou espetáculos teatrais do Agosto da Alegria

O Governo do RN cancelou espetáculos teatrais do Agosto da Alegria

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró foi cancelado por questões técnicas (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
 Dois espetáculos que fazem parte da programação do Agosto da Alegria – programação cultural promovida em sua segunda edição pelo Governdo do Rio Grande do Norte – foram cancelados nesta quarta-feira (22). Assim, o “Auto de Sant’Ana”, marcado para esta sexta-feira (24), e o “Chuva de Balas no País de Mossoró, agendado para o dia 31, não serão mais apresentados ao público. Ambos seriam encenados no palco do Teatro Alberto Maranhão, no bairro da Ribeira, em Natal.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Extraordinária de Cultura, a liberação do edital para a captação de recursos que financiariam o Auto de Sant’Ana não ocorreu em tempo hábil. A Fundação José Augusto, entidade vinculada à Secretaria, previa a utilização dos recursos previstos no Edital Autos do Povo, que patrocina eventos culturais cuja validade se estende por um ano e que deveria ter começado a valer este mês.

Segundo a assessoria de imprensa da Fundação, atrasos burocráticos impediram a liberação do edital e, posteriormente, dos recursos necessários à execução do espetáculo.

Em relação ao Chuva de Balas no País de Mossoró, previamente programado para ser encenado no dia 31 de agosto no palco do Teatro Alberto Maranhão, foi inviabilizado por questões técnicas. Ainda de acordo com assessoria da Fundação José Augusto, as exigências técnicas que viabilizariam a apresentação do Chuva de Balas não estavam disponíveis no Teatro Alberto Maranhão.

Questionada sobre a possibilidade de utilização do palco montado no Largo do Teatro Alberto Maranhão para a apresentação do Chuva de Balas, a assessoria disse que o equipamento estaria em uso para outros shows. Complementou dizendo que também seria necessário alugar outros tipos de iluminação e som.

Não há informações sobre a exibição de outros espetáculos para preencher a lacuna aberta na programação pelos cancelamentos.

Sobre a avaliação prévia da infraestrutura do Teatro, anterior à divulgação da programação do Agosto da Alegria, a Fundação José Augusto respondeu que a decisão foi tomada com base em questões técnicas, mas não citou por quem foi determinada.

A secretária extraordinária de Cultura, Isaura Rosado, foi procurada pelo G1, mas não atendeu ou retornou às tentativas de contato telefônico.

O G1 também entrou em contato com o diretor do espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró, João Marcelino. Por telefone, ele explicou: “As únicas exigências que fiz para esta apresentação foram de que todo o espetáculo teria que ser reensaiado, o palco deveria ter as mesmas dimensões do original. Não coube a mim a decisão de cancelar a apresentação”, argumentou.

Chuva de Balas

O Chuva de Balas no País de Mossoró é originalmente apresentado na cidade de Mossoró dentro das festividades do “Mossoró Cidade Junina”, que ocorrem no mês de junho. Esta seria a primeira vez, desde que foi criado há onze anos, que o espetáculo seria apresentado em Natal.

Apresentado no adro da Capela de São Vicente, em Mossoró, a encenação conta com 70 atores e bailarinos e um palco com 22 metros de comprimento, 1,5 metro de altura, 18 metros de profundidade, desníveis, rampas e alçapões para os efeitos especiais.

Auto de Sant’Ana

Já o “Auto de Sant’Ana, é apresentado dentro das festividades de Nossa Senhora de Sant’Ana, no município potiguar de Caicó, na região Seridó. Esta seria, também, a primeira vesz que o espetáculo seria encenado em Natal.

Fonte: G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.