domingo , dezembro 4 2016
Home / variedades / Ceará: No festival de Dindi, o de biscoito com coco queimado foi o vitorioso

Ceará: No festival de Dindi, o de biscoito com coco queimado foi o vitorioso

  O dindin de sabor biscoito com coco queimado foi o vencedor do 1º Festival de Dindins de Iguatu. O evento foi o primeiro do gênero no estado e acorreu no último sábado (25) na cidade de Iguatu, a 384 km de Fortaleza, e segundo os organizadores reuniu mais de 2 mil pessoas.

A idealizadora do dindin foi a comerciante Cidneide de Sousa Almeida. “Para falar a verdade eu não esperava vencer a competição, pois só trabalho com dindin há cerca de dois anos”, afirmou. Além do dindin de biscoito com coco queimado, outros da comerciante fizeram sucesso, tais como o de abacate, goiaba, coalhada com leite mais morando e coco normal.

Os três primeiros lugares ganharam uma placa que será fixada na fachada da casa, indicativa de que foram selecionados no evento como os melhores dindins da cidade.

Sucesso

O idealizador do evento, o pastor evangélico José Arimatéia Oliveira disse que o 1º Festival de Dindins de Iguatu superou todas as expectativas de público e renda. Conforme ele, 1.500 cartelas a um preço de R$ 2,00 foram vendidas e mais de duas mil pessoas visitaram o festival. O dinheiro arrecadado será destinado a instituições de caridade de Iguatu.

 Durante o evento, os visitantes poderam apreciar vários sabores de dindin. Nas 30 barracas tinham sabores bem variados. Destaca-se o de sabor de refrigerante cola. “Eu não sei como eles conseguiram inventar tantos sabores. Tinha de refrigerante cola, tangerina, chocolate, morango ao leite, céu azul, dentre outros. Foi interessante acompanhar de perto”, disse o pastor José Arimatéia.

Além de experimentar dindin, o público acompanhou show gospel e pregação evangélica. A realização foi do Ministério Internacional Profético Apostolico (Mipa).

Dindin

O dindin pode ser feito de sucos artificiais, produtos para fazer picolés e sorvetes, com coalhada com leite e frutas ou chocolate. No Brasil, a delícia possui vários nomes. No Rio de Janeiro e em outras cidades do Sudeste, recebe o nome de “sacolé”. Em Minas Gerais, é “chup chup”, em outros estados é conhecido como “geladim”. No Pará, é “chop”. No Cear,á recebe o apelido de dindin.

Veja como fazer o dindin de biscoito com coco queimado
Em uma frigideira grande, coloque 2 xícaras (chá) de coco ralado e leve ao fogo baixo. Cozinhe, sem parar de mexer, por 10 minutos, ou até dourar. Retire do fogo e depois de frio, guarde em recipiente com tampa. No final misture tudo com o biscoito de coco e leite. Coloque nos saquinhos e leve para o congelador.

Fonte: G1 CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.