domingo , dezembro 4 2016
Home / RN / Ampliação do Porto de Natal custa mais de R$ 113 milhões, afirma Codern

Ampliação do Porto de Natal custa mais de R$ 113 milhões, afirma Codern

Por Caroline Holder
Do G1 RN


 Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) abriu edital para licitar a obra de ampliação do Porto de Natal. De acordo com o órgão, a construção foi orçada em R$ 113.146.086,55, recurso proveniente do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal.
No projeto apresentado pela Companhia, o novo cais terá 220 metros de extensão, aumentando em 50% a capacidade atual. Segundo o cronograma,
o resultado da licitação será divulgado na segunda quinzena de setembro, e o início das obras em dezembro deste ano. O prazo para execução é de 20 meses.
Atualmente o Porto de Natal recebe três navios ao mesmo tempo, ao longo dos 500 metros de cais, divididos em três berços. Com a construção do Berço 4, será possível aumentar esse número. “Os Berços 3 e 4 estarão alinhados, totalizando 360 metros, um espaço que dará para receber dois navios de grande porte no mesmo momento”, explica o diretor-presidente da Codern, Pedro Terceiro. Ainda de acordo com Terceiro, a ampliação será estratégica para a exportação de minérios, uma das principais atividades econômicas do Rio Grande do Norte.
“Quando estou carregando um navio e outro chega, preciso parar o abastecimento do ferro por um a dois dias, o que custa 50 mil dólares cada dia. Um prejuízo que será minimizado com a construção de um novo berço”, afirmou Jefferson Vieira, operador portuário da Codern.
Em entrevista coletiva, Pedro Terceiro informou que 18 empresas brasileiras se interessaram pela licitação, que tem como critério de escolha o menor preço. A companhia informou que o Tribunal de Contas da União orientou a elaboração do edital, para evitar entraves no processo licitatório.
Se o cronograma seguir sem impasses, a empresa ganhadora da licitação será anunciada no dia 13 de setembro e as obras iniciadas em dezembro de 2012. “Assim que a ordem de serviço for expedida, começaremos a construção que vai durar 20 meses”, garantiu o diretor-presidente da Codern.
“Precisamos que o Berço 4 fique pronto dentro do previsto, pois vamos acelerar a economia do RN. Mensalmente exportamos 60 mil toneladas, com a ampliação esse número sobe para 200 mil”, acrescentou Hanna Safieh, diretor técnico da Codern.
Porém, o aproveitamento total da capacidade só será usado quando as defensas (proteção em volta dos pilares, que impedem o contato das embarcações com a estrutura da ponte) forem construídas nas bases da Ponte Newton Navarro. Segundo a Codern, o valor da instalação é de R$ 34 milhões, e é de competência do governo do estado. “Cheguei a solicitar a verba do ministério do Planejamento, mas a resposta foi negativa”, disse Pedro Terceiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.